sábado, 10 de setembro de 2011

um ano sem trabalhar dá nisto.

pois que ontem fui aos pastéis de belém e fiquei assustada com o seguinte diálogo entre uma turista brasileira e um empregado:
"meu marido foi no banheiro mas para já eu quero uma água..."
"ah veja mas é tudo de uma vez que eu não vou andar para trás e para a frente."

pois é, ao que tudo indica há uma nova forma de atender a malta. e eu já só tenho um mês para aprendê-la.

13 comentários:

MartaP. disse...

por acaso também ja fui atendida assim desse género... a senhora abordou-nos assim 'então e vocês?'
não me caiu bem.

Panda disse...

E a mulher não se queixou?
As vezes queixam-se de coisas sem razão, mas essa merecia resposta à altura.

Sii' disse...

livro de reclamação.

AMB disse...

Há eu cá dizia das boas: " Mas olhe que lhe fazia bem (sussurro alto) essa barriguinha já se começa a notar"
E isto dava mesmo para um tipo magricelas que nem uma tábua.

SF disse...

Pessoalmente, procuro pedir tudo de uma vez porque acho ingrato para quem nos atende andar para trás e para a frente para dar resposta aos pedidos que fazemos "às pinguinhas". Mas numa circunstância como essa, que já aconteceu e em que nem sempre nos lembramos de perguntar a quem está conosco o que devemos pedir para si, esperaria alguma compreensão por parte do empregado... Enfim...

..:: dari ::.. disse...

Isso foi inapropriado e nada profissional. Infelizmente, cada vez há mais disso :s
Poderia o empregado estar muito cansado ou ter 1.500 outras coisas por fazer (muito provavelmente, ambas) mas nunca se diz uma coisa dessas a um cliente. Never. <.<

(Pastéis de Belém... *.* <3 )

Miss B-Beautiful disse...

Ui!! Que péssimo cartão de visita para a própria pastelaria (e não só)!

Ari* disse...

Mas que educação!

Anónimo disse...

Acho compreensível. Ali não é bem lugar para fazer sala. O Senhor se foi à casa de banho tivesse dito à esposa, antes, o que queria. Ora bolas. Tem toda a razão o empregado, desculpe lá...o seu restaurante é o seu restaurante, os Pastéis de Belém é outra coisa..
Beijinhos
Mimi

Jorge Freitas Soares disse...

É um profissional português... é triste mas é muito mais comum que aquilo que poderíamos esperar.

Jorge Soares

Maria disse...

Já tinha saudades. Benvinda, apesar de voltar em força só daqui a um mês.
Quanto à situação do post, nem teço comentários.

S* disse...

É feio... posso compreender que o empregado esteja ocupado, mas isso não se diz, é feio.

Ana Sá disse...

AhAhAh Que horror! Ele que me dissesse isso a mim! Era logo "Então vá só até ali buscar o livro de reclamações e volte para mo trazer. Já."